lifo ueps fifo peps

LIFO, UEPS, FIFO e PEPS o que são?

Algumas indústrias adotam os sistemas de armazenagem LIFO/UEPS e outras o FIFO/PEPS, mas afinal o que são? E quais implicações isso traz para o tipo de estrutura de armazenagem escolhido?

O que é FIFO, ou PEPS?

FIFO é uma sigla em inglês, uma abreviação para First In, First Out. Em português o mesmo termo é o PEPS, uma sigla para Primeiro que Entra, Primeiro que Sai.

Ao adotar esse sistema a empresa mantém um controle da ordem de entrada e saída de todos os paletes. Esse controle pode ser via sistema, WMS, quando a estrutura de armazenagem é a porta palete.

Mas porque uma empresa adota esse sistema? Normalmente é usado quando o produto comercializado possui prazo de validade. Portanto, para evitar que produtos fiquem esquecidos nas centenas de posições das estruturas, o empilhadeirista deve respeitar a ordem certa, retirando primeiro, os paletes que entraram primeiro.

Como os produtos possuem prazo de validade, se ficarem esquecidos a validade vai expirar por uma simples falta de organização da sequência certa de entrada e saída.

A contabilidade e o sistema FIFO

Mas não é só por isso, não é śo pela validade dos produtos. Dentro da contabilidade existe um cálculo de custo de estocagem dos produtos, então a cada dia o custo do produto fica mais caro, porque todos os custos do armazém são diluídos por todos os produtos.

Por exemplo, se um palete de sabonetes ficar um ano dentro do armazém, quando ele for faturado e sair do armazém, o custo dele vai ser bem mais alto em comparação com os outros que ficaram apenas 10 dias estocados. Isso na prática é uma distorção, então é bom manter todos os paletes de sabonete num período similar dentro do armazẽm, para que não hajam distorções nos cálculos de formação de preços.

Ademais do WMS, do sistema de gestão dos paletes, existem estruturas de armazenagem que ajudam nesse controle, de maneira mecânica, que não depende de sistema.

Lifo E Fifo
Veja o desnível da esquerda para a direita, que faz o palete descer para direita
imagem cedida por Bertolini sistema de armazenagem
Assista ao vídeo para ver o sistema dinâmico em funcionamento
Imagens do canal do YouTube da Bertolini

Um exemplo disso é a estrutura de armazenagem dinâmica, onde o palete é colocado por um lado e retirado pelo outro. O palete desliza suavemente em rolamentos que possuem um sistema de frenagem mecânica, interno, de um lado para o outro da estrutura, assista ao vídeo acima para ver em ação.

FEFO – first expire first out

Como explicado acima o FIFO, ou PEPS, é usado para evitar distorções nos cálculos de formação de preço dos produtos. ao contabilizar seus custos.

Mas no caso FEFO que significa primeiro a expirar, primeiro a sair, sim, tem a ver sobretudo com a data de validade da mercadoria, por exemplo paletes de caixas de leite.

O que é LIFO, ou UEPS?

LIFO é uma sigla em inglês que significa Last In, First Out, em português seria UEPS, Último a Entrar, Primeiro a Sair. Exatamente o contrário do sistema anterior o FIFO.

Quando o sistema de armazenagem LIFO é usado e porque? Quando uma empresa possui uma estrutura de armazenagem push back para reduzir o número de corredores entre estantes, esse sistema LIFO é adotado, entenda pela imagem:

Vídeo simples demonstrando o sistema push back Bertolini

Observe, no vídeo acima, que o primeiro palete que entrou foi empurrado pra trás na estrutura push back, e será portanto o último a sair.

Além da questão da estrutura adotada pela empresa, pode ser adotado também por uma questão mercadológica, quando se trabalha com produtos que possuem variação de preços.

Supondo que a empresa é uma revendedora de produtos, um atacadista, e comprou um palete por 10 reais. Na semana seguinte comprou outro palete por 12 reais que ao ser armazenado empurrou o palete de 10 reais pra trás.

Ao entregar primeiro o palete de 12 reais o atacadista consegue justificar um aumento de preço, e deixar guardado o palete de 10 reais. Se na semana seguinte o produto subiu muito de preço e decidiu não comprar, ele ainda terá o palete de 10 reais guardado para atender os seus clientes, conseguindo aumentar a sua margem.

Conclusão sobre os sistemas LIFO e FIFO

A aplicação de cada um desses sistemas depende do modelo de negócio de cada empresa, que também influencia sobre a maneira como as estruturas serão organizadas no interior do armazém.

O modelo LIFO ou UEPS se adapta melhor com as estruturas de armazenagem dinâmicas. E o modelo FIFO ou PEPS funciona melhor com estruturas de push back.

O controle das ordem de entrada dos paletes pode ser feito via sistema WMS e não necessariamente pelo controle mecânico das estruturas.

As empresas podem mudar de um sistema para o outro para controlar o seu custo médio ponderado quando há variações nos preços de aquisição das mercadorias a serem revendidas.

Por isso que este conceito é tão importante também para a contabilidade das empresas e não apenas para especialistas em operações intralogísticas.

São siglas em inglês que podem ser traduzidas de LIFO para UEPS, e de FIFO para PEPS conforme explicado neste artigo.

Leia nosso artigo sobre estruturas de armazenagem para conhecer mais sobre o assunto.

Me adicione no LinkedIn: Daniel Santos, gestor de conteúdo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rua Gastão Madeira, 427 cj13

Ubatuba – SP CEP 11680-000

Daniel Felipe Quaresma dos Santos ME

CNPJ 32.860.139/0001-00

Atalhos do site

© 2020 compartilhamentos autorizados desde que mantido a fonte, com link dofollow.

Apoie! compartilhar no

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Compartilhar no

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn