comprar ou alugar empilhadeira

O que é mais vantajoso, comprar ou alugar uma empilhadeira?

Assim que a empresa se depara com a necessidade de um equipamento de movimentação de cargas surge a dúvida: o que é mais vantajoso, comprar ou alugar uma empilhadeira?

Quando comprar uma empilhadeira é recomendado?

Segundo o gestor de unidades da JM Empilhadeiras, Marcelo Travain Ayub, a compra de uma empilhadeira pode ser mais vantagem se o equipamento for rodar por espaços curtos de tempo – em apenas um turno, e desde que essa operação não seja muito agressiva. Ou seja, que não exija muito da empilhadeira, já que os custos de manutenção e de peças em operações mais severas ficam muito altos.

Assim, as condições do local e o tempo de uso diário do equipamento são sempre bons parâmetro para sua decisão. Se a utilização da empilhadeira for, em média, de até cinco horas por dia, e se o local da operação oferecer boas condições com piso adequado, a compra da empilhadeira é sempre uma vantagem para a empresa.

Vantagens de alugar uma empilhadeira

Nos demais casos, a locação continua sendo a melhor opção, tanto do ponto de vista da produtividade, quanto do ponto de vista financeiro.

“As empresas que atuam com locação têm muito mais condições técnicas de oferecer uma gestão operacional melhor e mais eficiente. Isso vai garantir não apenas alto rendimento e mais produtividade, como também mais economia”, explica Marcelo.

As vantagens da locação são ainda mais evidentes quando se pensa no custo e na eficiência operacional. Caso sua empresa opte por comprar equipamentos, terá que dispor, além de peças para reposição, de técnicos qualificados para resolver eventuais problemas e paradas inesperadas. Já com a locação, a responsabilidade por isso fica para a locatária.

Outro fator é a questão dos tributos e do investimento para comprar o equipamento. Por exemplo, ao comprar um carro você já começa a ter uma desvalorização natural ao tirá-lo da concessionária. Da mesma forma, ao comprar uma empilhadeira você também tem uma defasagem constante no valor – e na hora de trocá-la sentirá o ônus dessa desvalorização.

“Isso sem contar que você terá que fazer um investimento para comprar a empilhadeira. Sendo que este investimento poderia estar sendo utilizado no seu negócio, ou seja, a empresa continua focada em seu ‘core business’”, avalia Marcelo.

Índice de disponibilidade da empilhadeira

Outro fator que o empresário deve levar em conta na hora de decidir entre comprar ou alugar uma empilhadeira é quanto ao tempo em que ela ficará parada por problemas técnicos. Afinal, quanto mais tempo parada, maiores serão os prejuízos na produção.

Como as empresas de locação tem know how na área, elas têm condições técnicas de garantir um alto índice de disponibilidade do equipamento.

“Nós temos mensurado que nossos equipamentos apresentam um índice de 99% – valor que representa um significativo ganho de produtividade e redução de custos”, explica Marcelo.

DE OLHO NA REFERÊNCIA

Como deu para perceber, a escolha entre locação ou compra de um equipamento trará reflexos diretos em dois fatores de grande importância: o financeiro e o produtivo. Por isso, avalie bem e sempre procure por empresas que tenham boas referências no mercado, seja para efetuar uma venda, seja para alugar o equipamento.

Escrito por JM Empilhadeiras

A JM Empilhadeiras possui 1.300 empilhadeiras alugadas, com 27 anos de atuação no mercado é representante oficial das marcas Linde e STILL nos estados do MT, MS e na região oeste do estado de São Paulo. admcomercial@jmempilhadeiras.com.br whatsapp 014997087863

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rua Gastão Madeira, 427 cj13

Ubatuba – SP CEP 11680-000

Daniel Felipe Quaresma dos Santos ME

CNPJ 32.860.139/0001-00

Atalhos do site

© 2020 compartilhamentos autorizados desde que mantido a fonte, com link dofollow.

Apoie! compartilhar no

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Compartilhar no

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn